Versos de Virgílio

Na época do Brasil colônia, vivíamos sob o jugo dos governadores-gerais e intendentes, prepostos do rei português.
Hoje, governador de Minas e presidente do Brasil, prepostos das empresas de mineração.
A bandeira de Minas deveria ter o final do verso de Virgílio:

Libertas, quae sera tamen, respexit inertem,
(Candidior postquam tondenti barba cadebat,
Respexit tamen et longo post tempore venit,
Postquam nos Amaryllis habet, Galatea reliquit.”).

Cuja tradução livre é: “A liberdade, embora tardia, olhou favoravelmente para mim, que nada fiz.”

[.]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s