Depois do Dia das Crianças

Neste comercial feito por Peter de Leeuw

Fiets Commercial 2 CMD

vemos  uma excelente bicicleta para crianças – coisa que não existe por aqui.

O mais interessante, porém, é a técnica usada para traduzir a transformação de realidade em ficção.

De fato, difícil dizer qual é a fronteira entre as duas, se é que há fronteiras. Acontece que, quando crianças, temos menos barreiras internalizadas, somos incentivados a sonhar, criar, brincar, pois “temos o mundo todo pela frente”. Quando adultos, somos sutilmente “incentivados” a não sonhar, é como se o mundo já estivesse dado e resolvido – quando na verdade, não está. Tornar-se adulto é, alienadamente, estancar e abrir mão de sonhos para atender expectativas dos outros, da sociedade e do “mercado”.

Andar de bicicleta é perigo por isto: bombeia o sangue para o cérebro e faz renascer sonhos adormecidos.

[.]

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s