Bicicletas em defesa do meio ambiente!

meio_ambiente

Imagem retirada da galeria de fotos que ilustra reportagem da DeutscheWelle.

Aconteceu ontem a Cúpula do Clima das Nações Unidas, em Nova York. O maior evento deste tipo desde 2009.
Dois dias antes, no final de semana que passou, manifestações e marchas mundo afora levaram centenas de milhares de pessoas a se manifestarem com o objetivo de pressionar políticos para a conclusão de um acordo efetivo na proteção do meio ambiente.

As mudanças climáticas tornaram-se o maior desafio da história recente da humanidade.

Mas, para que as mudanças aconteçam de fato, é preciso VIVER o discurso. Não basta sair com cartazes, mandar memes no Facebook, ou deixar comentários irados ou apaixonados na internet.

Não por mero acaso, a Cúpula ocorreu no Dia Mundial sem Carros. O inimigo número 1 do clima são os combustíveis fósseis – ou, em português claro, carvão e petróleo, ou mais claro ainda: a gasolina que seu carro queimou hoje.

Barak Obama, David Cameron, Francois Hollande e vários outros presidentes de países estiveram no evento de um dia (inclusive Dilma Roussef, que mostrou o Brasil como “exemplo” mas não disse que nos dois últimos anos de seu governo o desmatamento da Amazônia aumentou 29%…). Todos enfrentam dificuldades políticas para colocar em prática os planos ambiciosos e necessários para reverter a catástrofe.
Por que, no fundo, a cadeia decisória vai descendo, o presidente faz planos, mas precisa ceder aos caprichos do deputado que diz que “defende os interesses de seus eleitores”. De fato, o poder está em nossas mãos.

Os governos não vão mudar nada, se você não mudar primeiro.

[.]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s